Cascavel e Londrina disputam Liga Nacional de Handebol na próxima semana

Da redação, Jaqueline Galvão - Os clubes ACH/Lanali/O2 Saúde/Cascavel e Londrina/Unicesumar/Paiquerê FM, filiados à Liga de Handebol do Paraná, participam de 15 a 20 de dezembro da Liga Nacional de Handebol Masculino, principal competição da modalidade no país. Devido a pandemia, o torneio será realizado em etapa única na cidade paulista de Arujá, tendo como local das partidas o ginásio da Instituição Religiosa Perfect Liberty. 
 
A disputa será realizada no formato bolha, em que o local do evento é isolado com protocolos rígidos de controle para evitar contágio pela Covid-19, e reunirá 12 times das regiões Sul, Sudeste, Norte e Nordeste. 
 
As equipes foram divididas em três chaves, e os paranaenses caíram juntos no grupo C com CAIC/GHC/Maurício de Nassau (PI) e Nacional Handebol Clube (SC). Já no grupo A estão Aceu/Univali/Slice/FMEL Itajaí (SC), ACISEG/Guarulhos (SP), Esporte Clube Pinheiros (SP) e Manauense Associação Desportiva (AM), enquanto que no B os tetracampeões e atuais detentores do título Taubaté/FAB/UNITAU (SP) medem força com Carajás Handebol Clube (PA), Interativo/São Carlos (SP) e Vikings/Universo/Campos (RJ).
 
Preparação e reforços
Há pouco mais de quatro meses, o elenco londrinense iniciou a preparação física e há dois meses treina na quadra do Ginásio Moringão visando à disputa nacional. “Esse ano está sendo bastante difícil, bem complicado, mas conseguimos fazer uma boa preparação física. A equipe é muito jovem, aguerrida, está com bastante disposição. A preparação, mesmo sendo curta, foi boa, os jogadores responderam bem e estamos bastante otimistas”, declarou o comandante da equipe, Giancarlos Ramirez.
 
Londrina treina há dois meses visando à disputa nacional: "A equipe é muito jovem, aguerrida, está com bastante disposição" (Crédito foto: Divulgação)
 
Detentor de dois títulos do torneio, conquistados em 2005 e 2008, Londrina contará com os reforços dos jogadores Marcos, João, Pará, além do armador central Bruno Santana, dono de um vasto currículo, é considerado um dos maiores nomes do handebol brasileiro. “Bruno é um jogador muito experiente, vai ajudar bem a manter o ritmo de jogo e a cadenciar um pouco mais os nossos atletas, que são bastante jovens”, afirmou Ramirez.
 
Com uma base bem formada, o time aurinegro reforçou seu elenco com a chegada do pivô André Ribeiro, popular Toko, multicampeão pelo Taubaté e um dos mais experientes jogadores da atualidade, e com o armador esquerdo Danilo Vasques. “Nosso time está bastante entrosado, temos uma base já de dois, três anos e, apesar de termos jogado apenas uma competição durante o ano, estamos preparados para enfrentar nossos adversários”, enfatizou o capitão e gestor da equipe, Marcelo Rizzotto (Cebola).
 
Cascavel promete ser o calcanhar de aquiles dos favoritos a levarem o título da Liga Nacional: "Nós temos um elenco experiente e vamos incomodar os times ditos favoritos" (Crédito foto: Rafael Ribeiro)
 
Em novembro, Cascavel realizou um trabalho em quadra com todo o time, no entanto, um caso de Covid-19 foi confirmado no elenco e os treinos tiveram que ser suspensos por medida de segurança. 
 
Os jogadores voltam a se encontrar nesta sexta-feira (11), quando serão submetidos ao exame RT-PCR, o qual identifica a presença do RNA do vírus SARS-CoV-2 em amostra obtida por meio de swab na mucosa nasofaringe, teste este que todos os jogadores, comissão técnica e staff devem apresentar à Confederação Brasileira de Handebol 72 horas antes da entrada ao local da competição. 
 
 
Cascavel realizou um treino coletivo em novembro : "Nosso time está bastante entrosado" (Crédito foto: Rafael Ribeiro)
Cascavel realizou um treino coletivo em novembro: "Nosso time está bastante entrosado" (Crédito foto: Rafael Ribeiro)
 
Os atletas e comissão que comprovarem que não estão com o novo coronavírus embarcam no mesmo dia para São Paulo, onde farão um reconhecimento da quadra de jogo na segunda-feira (14), para terça-feira (15) estrearem às 18h30 diante do Londrina. “Estamos tomando todos os cuidados e agindo conforme os protocolos da Confederação Brasileira”, ressaltou Cebola.
 
Expectativa
O time aurinegro vai disputar pela primeira vez a Liga Nacional e almeja representar muito bem o Paraná. “Nosso time não é o favorito, mas também não é o azarão. Nós temos um elenco experiente e vamos incomodar os times ditos favoritos como Taubaté, Pinheiros e Londrina. A gente está indo para jogar! Como sempre, o time de Cascavel pode ser superado em técnica, mas na vontade ninguém vai nos superar. Então esperamos fazer um bom campeonato e, quem sabe, subir ao pódio para trazer uma colocação para o Paraná”, salientou Cebola.  
 
Equipe de Londrina é bicampeã da Liga Nacional:  "Nosso objetivo é classificar, sabemos que vai ser difícil, mas trabalhamos muito e vamos em busca dessa classificação" (Crédito foto: Divulgação)
 
Por sua vez, Londrina está confiante para avançar de fase e chegar ao G4, no entanto, Ramirez ressalta que o caminho não será fácil. “Nosso objetivo é classificar, mas pegamos uma chave muito equilibrada, difícil, Cascavel reforçou bastante, já vinha com um bom trabalho, com uma equipe jogando junto há dois anos, então já é um grupo que se conhece bastante, conseguiram bons resultados no Estado e no Campeonato Brasileiro, é uma equipe muito forte. No nosso grupo tem também o GHC, que ficou em 4º lugar ano passado, e o São José, que também fez uma excelente Liga Nacional, por isso considero a nossa chave a mais equilibrada da competição. Vai ser muito difícil, mas trabalhamos muito e vamos em busca dessa classificação”, pontuou Ramirez.
 
Disputa
Com partidas em turno único, os dois times com melhor desempenho em cada grupo e os dois melhores terceiros colocados avançam para as quartas de final. Os vencedores dessa fase se enfrentam nas semifinais e os demais jogam para decidir do 5º ao 12º lugar, definindo assim o ranking completo da competição.
 
Premiação
Além da premiação aos três primeiros colocados, também serão distribuídos prêmios para os jogadores destaques de cada partida, para o jogador revelação e para o melhor atleta, goleiro e artilheiro da competição.
 
Arbitragem
Além das equipes paranaenses, o Estado também será representado por dois profissionais na equipe de arbitragem, com a dupla de árbitros continentais Jefferson Souza e Natal Vilela. E ainda vão atuar na competição nacional uma dupla de Minas Gerais e outras quatro de São Paulo. 
 
LHF cancelada
Devido ao aumento de novos casos de coronavírus em Santa Catarina, a Associação Brasileira de Handebol (ABRAHAND) cancelou, na última sexta-feira (04), a Liga Hand Feminina. A competição aconteceria entre os dias 15 e 19 de dezembro, no Ginásio do Sesi em Blumenau, cidade que se encontra com alto risco de contágio pela Covid-19.
 
A seleção da FAG/Cascavel Handebol/Bearskin CrossFit havia confirmado sua participação junto com Blumenau (SC), Concórdia (SC), Criciúma (SC), Esporte Clube Pinheiros (SP), Guarulhos (SP) e São Bernardo do Campo (SP). A disputa está prevista para ser realizada no primeiro semestre de 2021, com datas e formato ainda a serem confirmados.
 
Confira abaixo os confrontos da Liga Nacional de Handebol Masculino:  
 
Fase Classificatória
Terça-feira (15)
10h – EC Pinheiros x Manauense AD 
11h45 – Corinthians/Vegus/Aciseg x ADI/Aceu/Univali/Slice/FMEL/Itajaí 
14h30 – Taubaté/Unitau x Vikings/Universo/Campos
16h15 – Unicep/AHB/São Carlos x Carajás Handebol 
18h30 – Londrina/Unicesumar/Paiquerê FM x ACH/Lanali/O2 Saúde/Cascavel Handebol
20h15 – GHC/Uninassau/Caic x Avaí FC/Unisociesc/Intelbras/São José/Nacional HC
 
Quarta-feira (16)
10h – Vikings/Universo/Campos x Unicep/AHB/São Carlos
11h45 – Taubaté/Unitau x Carajás Handebol
14h30 – ACH/Lanali/O2 Saúde/Cascavel Handebol x GHC/Uninassau/Caic
16h15 – Londrina/Unicesumar/Paiquerê FM x Avaí FC/Unisociesc/Intelbras/São José/Nacional HC
18h30 – Manauense AD x Corinthians/Vegus/Aciseg
20h15 – EC Pinheiros x ADI/Aceu/Univali/Slice/FMEL/Itajaí
 
Quinta-feira (17)
10h – Londrina/Unicesumar/Paiquerê FM x GHC/Uninassau/Caic
11h45 – Avaí FC/Unisociesc/Intelbras/São José/Nacional HC x ACH/Lanali/O2 Saúde/Cascavel Handebol
14h30 – ADI/Aceu/Univali/Slice/FMEL/Itajaí x Manauense AD
16h15 – EC Pinheiros x Corinthians/Vegus/Aciseg
18h30 – Carajás Handebol x Vikings/Universo/Campos
20h15 – Taubaté/Unitau x Unicep/AHB/São Carlos
 
Quartas de final e disputas pelo 9º lugar
Sexta-feira (18)
10h – Jogo 19 – Disputa pelo 9º lugar: 3º melhor 3º colocado geral x 4º Grupo C
11h45 – Jogo 20 – Disputa pelo 9º lugar: 4º Grupo A x 4º Grupo B
14h30 – Jogo 21 – Quartas de final – 1º Grupo A x 2º melhor 3º colocado geral
16h15 – Jogo 22 – Quartas de final – 2º Grupo A x 2º Grupo C
18h30 – Jogo 23 – Quartas de final – 1º Grupo B x 1º melhor 3º colocado geral
20h15 – Jogo 24 – Quartas de final – 1º Grupo C x 2º Grupo B
 
Semifinais e disputas pelo 5º e 9º lugares
Sábado (19)
10h – Jogo 25 – Disputa pelo 9º lugar: 4º Grupo C x 4º Grupo A
11h45 – Jogo 26 – Disputa pelo 9º lugar: 3º melhor 3º colocado geral x 4º Grupo B
14h30 – Jogo 27 – Disputa pelo 5º lugar: Perdedor Jogo 21 x Perdedor Jogo 22
16h15 – Jogo 28 – Disputa pelo 5º lugar: Perdedor Jogo 23 x Perdedor Jogo 24
18h30 – Jogo 29 – Semifinal: Vencedor Jogo 21 x Vencedor Jogo 22
20h15 – Jogo 30 – Semifinal: Vencedor Jogo 23 x Vencedor Jogo 24
 
Final e disputas pelo 3º, 5º, 7º e 9º lugares
Domingo (20)
10h – Jogo 31 – Disputa pelo 9º lugar: 4º Grupo A x 3º melhor 3º colocado geral
11h45 – Jogo 32 – Disputa pelo 9º lugar: 4º Grupo B x 4º Grupo C
14h30 – Jogo 33 – Disputa pelo 7º lugar: Perdedor Jogo 27 x Perdedor Jogo 28
16h15 – Jogo 34 – Disputa pelo 5º lugar: Vencedor Jogo 27 x Vencedor Jogo 28
18h30 – Jogo 35 – Disputa pelo 3º lugar: Perdedor Jogo 29 x Perdedor Jogo 30
20h15 – Jogo 36 – Final: Vencedor Jogo 29 x Vencedor Jogo 30

Destaques

Parceiros

Contato

LHPR / PARANÁ HANDEBOL facebook.com/paranahandebolhpr
twitter: paranahandebol
instagram:parana_handebol
flickr: paranahandebol
(44) 99988-6768 parana@paranahandebol.com.br