Jussara comemora título inédito da Chave Prata na categoria sub-18

De Cascavel, Jaqueline Galvão - O Campeonato Paranaense de Handebol Juvenil – Chave Prata ganhou uma nova campeã neste domingo (19). Jogando no Ginásio de Esportes da Neva, em Cascavel, a equipe feminina de Jussara Handebol venceu por 29 a 26 o forte elenco da Prefeitura de Iporã, conquistando um título inédito em sua história. 
 
 
A jogadora jussarense Amanda Carolina Ribeiro Batista foi eleita a atleta destaque da partida, indicada pelos técnicos, equipe de arbitragem e delegado de quadra. Para o treinador André Girotto essa conquista é resultado de uma longa preparação técnica, que refletiu no desempenho do grupo dentro de quadra. “Esse momento que estamos vivendo é inesquecível. Essa equipe é formada por meninas da categoria sub-16 que estão disputando uma competição sub-18, então chegar em uma final e ser campeão é maravilhoso, coroa todo trabalho realizado até aqui”, enfatizou Girotto. 
 
De acordo com o técnico jussarense, o título inédito é um estímulo para que as atletas se dediquem mais à temporada 2019, podendo assim buscar novas conquistas. “Está passando pela minha cabeça um filme de tudo que a gente passou pra chegar aqui, os treinos essa semana foram intensos e todos os dias, valeu muito a dedicação, somos campeões. Esse título é um incentivo às meninas que vêm de outras categorias e aumenta mais a empolgação do grupo. Essas meninas vão longe ainda”, frisou Girotto. 
 
 
Mercedes fecha pódio com conquista inédita da medalha de bronze
Na decisão do 3º lugar, Handebol Mercedes/MCR Amidos fechou o pódio ao derrotar o Colégio Marista Pio XII/Lojas MM/Ponta Grossa, por 27 a 21. A mercedense Deborah Maria Huber foi eleita a melhor jogadora da partida. “É uma grande alegria para nós, municípios pequenos, participarmos de um evento tão grande e tão bem organizado pela Liga do Handebol do Paraná. Levar essa medalha pra casa mostra a força do handebol mercedense, além de servir de estímulo para as outras meninas que estão treinando. Representa um orgulho muito grande, uma energia para continuar o trabalho e um estímulo para aquelas que ficaram na cidade, para continuarem se dedicando aos treinos”, ressaltou a professora Catarina Triches Petri, agradecendo ao poder público municipal e ao patrocinador máster MCR Amidos pelo apoio recebido. 
 
 
Há cinco anos à frente da modalidade, Catarina já conquistou com o handebol mercedense o 2º lugar da categoria sub-14 em 2017 e medalhas a nível regional dos Jogos Escolares e dos Jogos da Juventude. “Ainda temos muito a crescer, estamos buscando nosso espaço, por isso a conquista da medalha de bronze é bastante significativa pra gente, representa o crescimento do grupo e do nosso trabalho. Atualmente mais de 70 meninas praticam handebol no município, considero Mercedes como a capital do handebol no Oeste do Paraná”, afirmou. 
 
Na cerimônia de entrega da premiação, as atletas e os técnicos entregaram as medalhas uns aos outros, comemorando suas conquistas em conjunto.
 
O Campeonato Paranaense de Handebol Juvenil – Chave Prata é promovido pela Liga de Handebol do Paraná, e conta com o apoio da Prefeitura de Cascavel, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, da Associação Cascavelense de Handebol, da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH) e Kempa.
 
Na cerimônia de entrega da premiação, as atletas e os técnicos entregaram as medalhas uns aos outros, comemorando suas conquistas em conjunto.Jussara comemora título inédito da Chave Prata na categoria sub-18 
 
O Campeonato Paranaense de Handebol Juvenil – Chave Prata ganhou uma nova campeã neste domingo (19). Jogando no Ginásio de Esportes da Neva, em Cascavel, a equipe feminina de Jussara Handebol venceu por 29 a 26 o forte elenco da Prefeitura de Iporã, conquistando um título inédito em sua história. 
 
A jogadora jussarense Amanda Carolina Ribeiro Batista foi eleita a atleta destaque da partida, indicada pelos técnicos, equipe de arbitragem e delegado de quadra. Para o treinador André Girotto essa conquista é resultado de uma longa preparação técnica, que refletiu no desempenho do grupo dentro de quadra. “Esse momento que estamos vivendo é inesquecível. Essa equipe é formada por meninas da categoria sub-16 que estão disputando uma competição sub-18, então chegar em uma final e ser campeão é maravilhoso, coroa todo trabalho realizado até aqui”, enfatizou Girotto. 
 
De acordo com o técnico jussarense, o título inédito é um estímulo para que as atletas se dediquem mais à temporada 2019, podendo assim buscar novas conquistas. “Está passando pela minha cabeça um filme de tudo que a gente passou pra chegar aqui, os treinos essa semana foram intensos e todos os dias, valeu muito a dedicação, somos campeões. Esse título é um incentivo às meninas que vêm de outras categorias e aumenta mais a empolgação do grupo. Essas meninas vão longe ainda”, frisou Girotto. 
 
Mercedes fecha pódio com conquista da medalha de bronze
Na decisão do 3º lugar, Handebol Mercedes/MCR Amidos fechou o pódio ao derrotar o Colégio Marista Pio XII/Lojas MM/Ponta Grossa, por 27 a 21. A mercedense Deborah Maria Huber foi eleita a melhor jogadora da partida. “É uma grande alegria para nós, municípios pequenos, participarmos de um evento tão grande e tão bem organizado pela Liga do Handebol do Paraná. Levar essa medalha pra casa mostra a força do handebol mercedense, além de servir de estímulo para as outras meninas que estão treinando. Representa um orgulho muito grande, uma energia para continuar o trabalho e um estímulo para aquelas que ficaram na cidade, para continuarem se dedicando aos treinos”, ressaltou a professora Catarina Triches Petri, agradecendo ao poder público municipal e ao patrocinador máster MCR Amidos pelo apoio recebido. 
 
Há cinco anos à frente da modalidade, Catarina já conquistou com o handebol mercedense o 2º lugar da categoria sub-14 em 2017 e medalhas a nível regional dos Jogos Escolares e dos Jogos da Juventude. “Ainda temos muito a crescer, estamos buscando nosso espaço, por isso a conquista da medalha de bronze é bastante significativa pra gente, representa o crescimento do grupo e do nosso trabalho. Atualmente mais de 70 meninas praticam handebol no município, considero Mercedes como a capital do handebol no Oeste do Paraná”, afirmou. 
 
Na cerimônia de entrega da premiação, as atletas e os técnicos entregaram as medalhas uns aos outros, comemorando suas conquistas em conjunto.

Destaques

Parceiros

Contato

LHPR / PARANÁ HANDEBOL facebook.com/paranahandebolhpr
twitter: paranahandebol
instagram:parana_handebol
flickr: paranahandebol
(44) 99988-6768 parana@paranahandebol.com.br