Em novo formato, equipe paulista disputa Paranaense de Handebol Cup em Cascavel

Em novo formato, equipe paulista disputa Paranaense de Handebol Cup em Cascavel
 
De Cascavel/PR, Jaqueline Galvão - A partir de uma iniciativa inédita da Liga de Handebol do Paraná, a Copa Paraná foi reformulada em 2019, passando a ser aberta para participação de clubes de outros Estados brasileiros e de outros países, internacionalizando a competição, que mudou o nome para Campeonato Paranaense de Handebol Cup.
 
Na primeira edição do torneio, 38 equipes estão disputando o título das categorias sub-15, sub-17 e adulto. Durante os três dias do evento, passarão aproximadamente 760 atletas pelo Complexo Esportivo do Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz, em Cascavel/PR.
 
O coordenador técnico da Liga de Handebol do Paraná Gentil Soares de Lima, afirma que novo formato foi pensado pela proporção que a competição tomou. “Essa competição é tão grande que já se espalhou pelo Brasil e para os países vizinhos, então esse ano deixou de ser Copa Paraná para se tornar o Campeonato Paranaense de Handebol Cup Internacional, pena que os times da Argentina e do Paraguai não conseguiram participar em razão da agenda deles, mas, já tivemos um avanço: uma equipe de Presidente Prudente, que tem um projeto interessante, muito bem estruturado, está aqui participando do torneio”, destacou Lima.
 
Além da amplitude, o objetivo é crescer o nível técnico da disputa. “Quando você começa a trazer equipes de outros Estados e equipes de outros países consequentemente o intercâmbio é feito e o nível técnico da competição melhora cada vez mais. Faz parte da nova política da Liga diferenciar algumas coisas do que estava sendo feito, mais sempre no sentido de ampliar o número de participantes das competições e o desenvolvimento do handebol no Paraná”, enfatizou Lima. 
 
Equipe paulista
Aproveitando o novo modelo da competição, a equipe paulista sub-17 Unimed/Semepp/Instituto Edessap/Presidente Prudente participa pela primeira vez de um campeonato no Paraná. “É uma grande satisfação participar desta competição, que eu já acompanhei alguns anos atrás como espectador, quando morei aqui e joguei por Cascavel. Esse torneio foge um pouco do cenário que estamos acostumados a jogar, participamos de uma liga que ela tem um nível legal, mas é diferente de você ter um intercâmbio com as equipes”, analisa o técnico Péricles  Batista de Menezes Junior. 
 
Terceiro lugar na fase final da última edição dos Jogos da Juventude do Estado de São Paulo, o elenco paulista busca no torneio estadual se preparar melhor para a disputa deste ano, que acontece de 14 a 22 de junho, em Marília/SP. “Essa é a principal competição que participamos. Viemos em busca de melhorar o nível técnico do time, para que possamos chegar bem na disputa. Nosso time é mesclado com atletas que estão há alguns anos jogando juntas e outras que vêm de fora, então, a partir desta experiência que estamos tendo, espero conseguir um melhor resultado nos Jogos da Juventude”, ressaltou Péricles. 
 
Os campeonatos estaduais apresentam grandes talentos da modalidade, os quais acabam reforçando o elenco de clubes nacionais e internacionais. Além disso, a Liga de Handebol do Paraná é referência para outras federações em termos de organização de competições, por abranger desde as categorias menores a máster. “Isso me motiva a trazer minha equipe pra competir no Paraná. Como joguei aqui, conheço o trabalho da Liga e sei do nível técnico das competições. É uma excelente forma de crescimento para minhas atletas, tanto dentro de quadra como fora dela”, menciona Péricles. 
 
No grupo A, as paulistas estrearam com derrota por 14 a 19 para as anfitriãs ACH/Cascavel/Santa Maria. No segundo compromisso, venceram por 18 a 14 as meninas do Colégio Marista Pio XII/Lojas MM/Ponta Grossa, porém diante do Handebol Jussara sofreram o segundo revés, sendo derrotadas por 25 a 16. Com esse resultado, o selecionado paulista joga, neste domingo (05), pela decisão do 5º ao 8º lugar do torneio. A equipe entra em quadra às 10 horas, contra Palmeira Handebol. 
De Cascavel/PR, Jaqueline Galvão - A partir de uma iniciativa inédita da Liga de Handebol do Paraná, a Copa Paraná foi reformulada em 2019, passando a ser aberta para participação de clubes de outros Estados brasileiros e de outros países, internacionalizando a competição, que mudou o nome para Campeonato Paranaense de Handebol Cup.
 
Na primeira edição do torneio, 38 equipes estão disputando o título das categorias sub-15, sub-17 e adulto. Durante os três dias do evento, passarão aproximadamente 760 atletas pelo Complexo Esportivo do Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz, em Cascavel/PR.
 
O coordenador técnico da Liga de Handebol do Paraná, Gentil Soares de Lima, afirma que novo formato foi pensado pela proporção que a competição tomou. “Essa competição é tão grande que já se espalhou pelo Brasil e para os países vizinhos, então esse ano deixou de ser Copa Paraná para se tornar o Campeonato Paranaense de Handebol Cup Internacional, pena que os times da Argentina e do Paraguai não conseguiram participar em razão da agenda deles, mas, já tivemos um avanço: uma equipe de Presidente Prudente, que tem um projeto interessante, muito bem estruturado, está aqui participando do torneio”, destacou Lima.
 
Além da amplitude, o objetivo é crescer o nível técnico da disputa. “Quando você começa a trazer equipes de outros Estados e equipes de outros países consequentemente o intercâmbio é feito e o nível técnico da competição melhora cada vez mais. Faz parte da nova política da Liga diferenciar algumas coisas do que estava sendo feito, mais sempre no sentido de ampliar o número de participantes das competições e o desenvolvimento do handebol no Paraná”, enfatizou Lima. 
 
Equipe paulista
Aproveitando o novo modelo da competição, a equipe paulista sub-17 Unimed/Semepp/Instituto Edessap/Presidente Prudente participa pela primeira vez de um campeonato no Paraná. “É uma grande satisfação participar desta competição, que eu já acompanhei alguns anos atrás como espectador, quando morei aqui e joguei por Cascavel. Esse torneio foge um pouco do cenário que estamos acostumados a jogar, participamos de uma liga que ela tem um nível legal, mas é diferente de você ter um intercâmbio com as equipes”, analisa o técnico Péricles  Batista de Menezes Junior. 
 
Terceiro lugar na fase final da última edição dos Jogos da Juventude do Estado de São Paulo, o elenco paulista busca no torneio estadual se preparar melhor para a disputa deste ano, que acontece de 14 a 22 de junho, em Marília/SP. “Essa é a principal competição que participamos. Viemos em busca de melhorar o nível técnico do time, para que possamos chegar bem na disputa. Nosso time é mesclado com atletas que estão há alguns anos jogando juntas e outras que vêm de fora, então, a partir desta experiência que estamos tendo, espero conseguir um melhor resultado nos Jogos da Juventude”, ressaltou Péricles. 
 
Os campeonatos estaduais apresentam grandes talentos da modalidade, os quais acabam reforçando o elenco de clubes nacionais e internacionais. Além disso, a Liga de Handebol do Paraná é referência para outras federações em termos de organização de competições, por abranger desde as categorias menores a máster. “Isso me motiva a trazer minha equipe pra competir no Paraná. Como joguei aqui, conheço o trabalho da Liga e sei do nível técnico das competições. É uma excelente forma de crescimento para minhas atletas, tanto dentro de quadra como fora dela”, menciona Péricles. 
 
No grupo A, as paulistas estrearam com derrota por 14 a 19 para as anfitriãs ACH/Cascavel/Santa Maria. No segundo compromisso, venceram por 18 a 14 as meninas do Colégio Marista Pio XII/Lojas MM/Ponta Grossa, porém diante do Handebol Jussara sofreram o segundo revés, sendo derrotadas por 25 a 16. Com esse resultado, o selecionado paulista joga, neste domingo (05), pela decisão do 5º ao 8º lugar do torneio. A equipe entra em quadra às 10 horas, contra Palmeira Handebol. 
 

 

Destaques

Parceiros

Contato

LHPR / PARANÁ HANDEBOL facebook.com/paranahandebolhpr
twitter: paranahandebol
instagram:parana_handebol
flickr: paranahandebol
(44) 99988-6768 parana@paranahandebol.com.br