Do desconhecido ao ouro inédito

Da redação, Jaqueline Galvão – Com um ano de trabalho na categoria sub-10, a técnica Luciana Turra Kindl levou a equipe feminina de Palmeira ao topo do pódio no Festival Paranaense de Handebol, conquista que encheu de orgulho a cidade de pouco mais de 33 mil habitantes, coroada ainda com a medalha de bronze da seleção sub-12.
 
Misto de emoção e alegria na comemoração pela conquista do título estadual  (Foto: Jaqueline Galvão/LHPR)
 
A experiência na modalidade já soma 23 anos, dos quais 10 atuou dentro das quatro linhas, tendo como professor seu pai Vilson Turra. Com ele, conquistou diversos campeonatos, entre eles estaduais. Seguindo a tradição da família, hoje Luciana passa os ensinamentos aprendidos com o pai à filha Cecília, que integra o time campeão. “Meu desejo ao trabalhar com essa categoria foi trazer a Cecília pra esse mundo, despertar nela essa paixão, essa vivência do esporte”, declarou Luciana, enfatizando: “A garra que as atletas têm em quadra pra superar as dificuldades, de cair, de levantar, de chorar, tudo isso é muito importante na formação da personalidade da minha filha e do time como um todo, pois isso vai ajudar elas nas escolhas que terão que fazer, a serem mais guerreiras, mais fortes, além disso, distancia de tudo que é ruim, porque o esporte preenche a alma”.
 
Luciana orienta a equipe durante o Festival Paranaense de Handebol (Foto: Jaqueloine Galvão/LHPR)
 
Em sua primeira experiência com a categoria mini, a profissional conta que ainda está descobrindo o modo como aplicar os fundamentos de maneira que desperte na criança a vontade de treinar e permanecer aprendendo o handebol. Segundo Luciana, o resultado alcançado na disputa estadual será uma forma de estimular que outras criançam conheçam mais sobre a modalidade. “A medalha de ouro é inédita, resultado de um trabalho com uma categoria que ainda estou descobrindo. Quando nos propomos a participar do Festival tudo ainda era desconhecido, fomos competir pra aprender e as meninas me surpreenderam trazendo o título pra casa”, frisou Luciana.
 
Com tradição no município palmeirense, Luciana anseia que a partir dos resultados alcançados, somados ao que a cidade já coleciona, haja mais investimentos no esporte, visando oferecer uma estrutura mais adequada à prática de handebol.

Contato

LHPR / PARANÁ HANDEBOL facebook.com/paranahandebolhpr
twitter: paranahandebol
instagram:parana_handebol
flickr: paranahandebol
(44) 99988-6768 parana@paranahandebol.com.br